Obra Literária "Elder e a Estrela de Jali" é relançada em Guajará Mirim | Bastidores da Notícia

0
O juiz do Trabalho em Guajará Mirim, Carlos Antônio Chagas Junior, relançou sua obra literária Elder e a Estrela de Jali. A solenidade de relançamento ocorreu na tarde deste domingo (3) no pátio do Museu da Estrada de Ferro Madeira Mamoré.

(Foto: Divulgação/Reprodução)
Dr. Carlos  Antônio Chagas Junior é natural  de França – São Paulo. Ele sempre se dedicou ao mundo literário, tendo ainda no 2º ano do Ensino Médio, juntamente com alguns companheiros, sido vencedor de um Concurso Cultural de âmbito Nacional, denominado Viagens Nestlé pela Literatura.

O Juiz Federal do Trabalho, Carlos Antônio Chagas Júnior, após relançamento da obra literária, na Pérola do Mamoré, se demostrou bastante satisfeito com o público que compareceu para prestigiar e abrilhantar o evento. Segundo ele, em breve outras obras literárias de sua autoria serão lançadas.  Agradeceu a todos os presentes, crianças, jovens e adultos e ao prefeito Noronha pela participação no evento de relançamento dessa obra literária, que é um Livro de Ficção Infanto-Juvenil, chamado Elder e a Estrela de Jali. Obra Publicada pela Editora New Now Comunicações. O livro é o primeiro de uma série que remete o leitor a “uma aventura inesquecível, em um ritmo alucinante, na maior caça ao tesouro de todos os tempos”.
(Foto: Divulgação/Reprodução)

A obra leva o leitor para um mundo a ser descoberto, cheio de sonhos e magia, denominado Honosgea, anagrama de Terra dos Sonhos. Juntamente com Elder, o leitor busca desvendar o seu mundo interior, na maior “caça ao tesouro” de todos os tempos, à procura da maravilhosa Estrela de Jali. A História, escrita em uma linguagem mais simples e acessível, ao tempo que em um ritmo alucinante e envolvente, foi desenvolvida para agradar o público infanto-juvenil, que aprecia este gênero.

Elder e a Estrela de Jali, é um livro que promete encantar e deixar aquele gostinho de quero mais, enfim “Alea Jacta Est”, a sorte está lançada, é só conferir!
(Foto: Divulgação/Reprodução)


Biografia


Carlos Antônio Chagas Júnior é natural de Franca, São Paulo. Nascido aos 6 de dezembro de 1983. O autor sempre se dedicou ao mundo literário, tendo, ainda no 2º ano do Ensino Médio, juntamente com alguns companheiros, sido vencedor de um Concurso Cultural de âmbito Nacional, denominado Viagem Nestlé pela Literatura.

Após, foi fundador de um grupo literário que atuou na cidade por quatro anos, denominado de Estrela de Jali. Nesse tempo o autor foi colaborador de uma revista local, denominada Enfoque, escrevendo diversas crônicas.

 O autor, ainda participou de diversos concursos literários Municipais, tendo hoje cinco textos publicados em diferentes obras, sendo poemas, contos e crônicas. Ressalta-se ainda, que foi o 1º Colocado, no Concurso de Contos Infantis, realizado pelo Município de Franca, com o conto “Nas asas da Imaginação”.

Quanto à formação o escritor é Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Franca. Ressalta-se que foi laureado com o título de terceiro melhor aluno da Turma de 2006. Após concluiu sua especialização em Direito Eleitoral e Processual Eleitoral, pelo Centro Universitário Claretiano.

Atualmente, o autor é Juiz do Trabalho Substituto do TRT 14ª Região, onde a Região Amazônica e a dinâmica da justiça laboral o está inspirando para dar continuidade à eterna aventura pelo mundo da literatura.

Quanto à Honosgea e a Estrela de Jali não há ninguém melhor para descrever o que se passa na história do que o próprio Elder, ao se descrever, no Capítulo 40:



“Eu sou Elder, o menino que achou um espelho mágico e descobriu que grande parte da história da humanidade foi simplesmente escondida. Sou aquele que em Honosgea, descobriu grandes amigos e lugares incríveis. Recebi de herança, mais por bondade do que por mérito uma Espada que possuiu o que há de melhor em cada raça e um aparelho que pode medir a vontade das Estrelas. Me tornei um Filho da Lua, e ainda busco encontrar a Estrela de Jali, para ver se realmente descubro quem sou. Digo que estou me tornando um homem e, com certeza, se o título de Herdeiro dos Homens puder servir para trazer a humanidade de volta para a realidade então eu adoraria ser conhecido assim.”

E por fim, se o nobre leitor, apreciou a leitura e quiser alçar vôo rumo ao infinito, descobrirá, em Honosgea os mistérios da Profecia. (Com informações do site Guajará Noticias)

Postar um comentário

[Copa do mundo 2018][vertical][recent][5]

 
Top