Temer passa mal e é levado ao Centro Cirúrgico do Hospital do Exército | Bastidores da Notícia

0
No dia da votação de sua segunda denúncia na Câmara dos Deputados, o presidente Michel Temer sentiu um mal estar e deu entrada no Centro Cirúrgico do Hospital do Exército, em Brasília.




Presidente Michel deu entrada no Hospital do Exército por conta de problemas no coração (Foto: Reprodução)


As informações são de que Temer teria sido passado mal após o almoço e chegou a ser atendido pelo serviço médico do Palácio do Planalto. O presidente da República foi levado ao Hospital por precaução, deve passar por exames complementares e ficar em observação.
Recentemente, foi anunciado que Temer teria um cateterismo agendado para desobstruir uma artéria do coração, porém a informação foi negada pela Secretaria de Comunicação da Presidência.




+Câmara de vereadores de Morrinhos aprova requerimento para inibir trabalho da imprensa local



Oposição monta plenário paralelo no Salão Verde para tentar adiar votação

Integrantes de partidos da oposição montaram nesta quarta-feira, 25, um plenário simbólico no Salão Verde da Câmara, em frente à entrada principal do plenário oficial. O ato faz parte do movimento dos opositores de não registrar presença na sessão, para tentar provocar o adiamento da votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR).
Mais cedo, deputados da oposição fizeram uma sessão paralela simbólica. A pauta da “ordem do dia” deles era “dignidade”. Nos discursos, criticaram estratégia do governo Temer de distribuir cargos e liberar emendas individuais impositivas em troca de votos para barrar a denúncia na Câmara. Os opositores ainda estenderam no local uma faixa em que está escrito “Fora, Temer”.
Para que a votação da denúncia comece de fato, é necessário que, pelo menos, 342 dos 513 deputados registrem presença no plenário Até às 11h50 desta terça-feira, porém, pouco mais de 230 deputados tinham marcado presença.
Partidos da oposição junto com a ala oposicionista do PSB reúnem cerca de 120 deputados

Partidos da oposição junto com a ala oposicionista do PSB reúnem cerca de 120 deputados. No entanto, outros deputados da base também participam do movimento de não registrar presença, entre eles, Jutahy Júnior (PSDB-BA).

Veja mais:


ELEIÇÕES 2018: LULA TEM 36% BOLSONARO, 16% E MARINA, 14%, APONTA PESQUISA




Vereador Veinho da 28 (SD) renuncia ao cargo; É a segunda renúncia de vereador na história de Nova Mamoré

Postar um comentário

 
Top