Empresários de Pimenta vencem homem mais rico do Brasil e recebem homenagem | Bastidores da Notícia

0
Os empresários Eugênio e Euflávio Ribeiro, do Grupo Cairu, fabricante de bicicletas de Pimenta Bueno, receberão no próximo dia 7 de junho, em sessão solene do Senado Federal, o Diploma José Ermírio de Moraes, a maior honraria conferida pela Casa a empresários que se destacam pelo crescimento econômico, geração de emprego, desenvolvimento sustentável com o meio-ambiente, iniciativas de fomento à cultura, capacitação dos funcionários, responsabilidade social e desenvolvimento da região e área de atuação.

Graças à indicação do senador Ivo Cassol, a Ciclo Cairu será agraciada depois de concorrer ao lado de gigantes nacionais da economia, como os empresários Eike Batista, do Rio de Janeiro (Grupo EBX), considerado pela revista “Forbes” o homem mais rico do Brasil; Rodrigo Loures, do Paraná (Nutrimental); Ricardo Brennand, do Ceará (Icasa Azulejos); Clóvis Tramontina, do Rio Grande do Sul (Talheres Tramontina); Paulo Skaff, de São Paulo (presidente da FIESP) e Paulo Cunha, de Minas Gerais (Grupo Ultragás), entre outros. Além dos empresários Eugênio e Euflávio Ribeiro, da Ciclo Cairu, sagraram-se vencedores os empresários Walterci de Melo, de Goiás, representando o Laboratório Teuto, o maior produtor de remédios genéricos do país, e José Dias de Macedo, do Ceará, representando o moinho J. Macedo, maior produtor de farinha de trigo e derivados do país (produtos Dona Benta).

Instalados em Pimenta Bueno desde 1980, os irmãos Eugênio e Euflávio começaram sua empresa numa pequena oficina de bicicletas no ano de 1985, expandido sua área de atuação para distribuição de peças, postos de gasolina e agropecuária, iniciando a fabricação em 1992 numa atividade até então explorada por apenas dois fabricantes no país. Hoje a empresa produz mensalmente cerca de 21.000 bicicletas, totalizando 250.000 unidades/ano, empregando diretamente na produção e montagem 1050 funcionários.



CONTRIBUIÇÃO SOCIAL, DESTAQUE NACIONAL - Somando-se todas as áreas de atuação o Grupo Cairu emprega hoje cerca de 1.500 funcionários, um dos maiores do estado de Rondônia, sendo que cerca de 30 são apenados de bom comportamento que foram treinados e qualificados pela própria empresa num programa coordenado pela APAC – Associação de Proteção e Assistência ao Condenado, e é a principal fonte de renda dos que cumprem pena no município.

Além disso a empresa tem o programa “Dê Rodas a Seus Sonhos”, que conserta e recupera bicicletas abandonadas doando à associações locais. Em 2010 foram doadas cerca de 400 bicicletas à creches e instituições de Pimenta Bueno e região, além de ações de reflorestamento e apoio a programas governamentais de preservação, como o “Projeto Quelônios”, que cuida de tartarugas.

O Grupo Cairu atende todos os estados do Norte e Centro-Oeste, além do Distrito Federal, Maranhão, Piauí e Ceará, fornecendo bicicletas e peças avulsas a lojas e oficinas destes estados. “Sentimo-nos honrados em receber essa honraria do Senado, vamos continuar trabalhando pelo crescimento de Pimenta Bueno e de Rondônia”, disse o empresário Eugênio Ribeiro ao ser informado que a Cairu vencera o prêmio. (Com informações sites Folha do Sul On line / Assessoria) 

Postar um comentário

[Copa do mundo 2018][vertical][recent][5]

 
Top