Zequinha Araújo é condenado a dois anos e meio de cadeia | Bastidores da Notícia

0
Porto Velho, RO – O vereador e ex-deputado estadual Zequinha Araújo (PMDB) foi condenado pela justiça de Rondônia a dois anos e seis meses de prisão - convertidos em penas alternativas - por ter nomeado como assessor parlamentar do seu gabinete, entre 2006 e 2008, funcionário de sua entidade assistencialista Fundação Zequinha Araújo.

Cabe recurso da decisão.

Segundo a denuncia do Ministério Público (MP/RO), Francisco dos Santos Oliveira, recebia salário como assessor parlamentar pela Câmara Muinicipal de Porto Velho, mas trabalhava de fato na fundação de Zequinha.

As investigações foram iniciadas pelo Ministério Público a partir de uma sentença na Justiça do Trabalho que reconheceu o vínculo empregatício entre o ex-assessor e a fundação de Zequinha Araújo. Em sua defesa, além de tentar desqualificar a denúncia, o vereador disse que não houve dolo.

Em 2015, o vereador foi condenado à perda de direitos políticos por oito anos por improbidade administrativa referente ao mesmo fato. A ação está em grau de recurso.

Em uma recente entrevista, o parlamentar negou a prática do delito e disse que foi traído pelo ex-funcionário.

Tanto na esfera penal como na de improbidade, o vereador está obrigado a devolver R$ 17.649,40 (valores da época), pagos a seu ex-assessor pelo período em que ficou nomeado em seu gabinete. Com informações site Rondonia Dinamica

Postar um comentário

 
Top