Mulher é assassinada com requintes de crueldade em Mirante da Serra | Bastidores da Notícia

0
Mirante da Serra, RO - Um assassinato com requintes de crueldades foi registrado na manha desta sexta-feira (30) na Rua Marechal Rondon, setor 02. Maria Tereza Gomes Felício “Maria Banguela” de 44 anos foi encontrada já sem vida na cozinha de uma residência por amigos.
Mulher é assassinada com requintes de crueldade em Mirante da Serra

Informações colhidas por nossa reportagem dão conta de que na noite anterior o suspeito Leandro B. C. S esteve em um espetinho da cidade por volta das 23:30 horas, pedindo para irem embora, porém a vítima se negou, em seguida, o suspeito ameaçou a mesma, afirmando que se a mesma não fosse embora com ele naquele momento, ele iria matá-la. Momentos após o suspeito retornou ao local e mostrando-lhe um embrulho de cor branca e dizendo que gostava da mesma, o chamou novamente para irem embora, sendo obedecida desta vez. A vítima ainda disse ao proprietário da casa que iria sair com Leandro, e que o mesmo fosse para a casa de sua amiga.
Já na manhã desta sexta-feira a amiga da vítima e o dono da residência foram embora por volta das 7:15, momento em que depararam com a triste cena na cozinha.
Diante das informações, uma equipe da Policia Militar e da Policia Civil foram até a casa da mãe do principal suspeito na Rua Amazonas entre a Avenida dos Emigrantes e a Rua Dom Pedro I, onde encontraram Leandro. O mesmo já responde por variados ilícitos penais e estava foragido da justiça.
Os policiais constataram que Leandro estava com o joelho e pé direito com manchas escuras que aparentam ser de sangue. Ao ser indagado sobre o crime, o mesmo negou tudo e disse que não há via a vítima a pelo menos de 4 dias.
Diante das indagações, os policiais descobriram que o suspeito cumpria pena no Semia-Aberto do presídio de Alvorada do Oeste. Leandro ainda confessou que no dia 23 do mês passado (maio) o mesmo removeu sua tornozeleira eletrônica por conta própria. Na frente da residência os policiais encontraram um anel prata, ao indagar sobre o objeto, o mesmo confessou que o usava em seu dedo polegar direito e que havia perdido o mesmo.
Diante dos fatos, o suspeito Leandro, o proprietário da casa e a amiga da vítima foram encaminhados para a Delegacia de Policial para os procedimentos cabíveis.
Fonte: Alerta Rondônia

Postar um comentário

 
Top