MARGINAL QUE ATERRORIZOU FAMÍLIA DE REPÓRTÉ PRESO APÓS TROCAR TIROS COM POLICIAIS | Bastidores da Notícia

Imediatamente os policiais iniciaram os procedimentos de abordagem (voz de parada), sendo que ao perceberem a presença da guarnição, o condutor da motocicleta iniciou a fuga pela contramão da Avenida Pinheiro Machado, seguindo pela Avenida Farquar, Sete de Setembro, Euclides da Cunha (contramão de direção) e Rua João Alfredo. Já neste local a dupla na motocicleta colidiu contra uma calçada e caíram ao solo.

Durante o acompanhamento, os marginais tentaram violentamente contra os policiais, efetuando vários disparos de arma de fogo, inclusive, uma das pistolas era do repórter. Em ato contínuo, na fuga a pé, os marginais tentavam contra a vida dos policias, que tiveram que revidar a injusta agressão.

Na fuga a pé, o conduzido Anderson Araújo caiu ao solo (fraturou o braço), desfazendo-se do armamento ora apreendido. O segundo indivíduo identificado apenas pela alcunha de “Gordo” (informação repassada pelo conduzido Anderson) infelizmente conseguiu empreender fuga. O repórter Cleidison Silva reconheceu Anderson como um dos autores do roubo. O marginal foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros até o Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, e posteriormente na Central de Flagrantes. Ainda na Central de Flagrantes, os policiais descobriram que Anderson é apenado do Regime Semi aberto, sendo monitorado pelo sistema GPS de tornozeleira, no entanto, estava envolta em papel alumínio e saco plástico.


Fonte: www.newsrondonia.com.br
 
Top