"Dama da morte" pega 102 anos de prisão por ordenar crimes | Bastidores da Notícia


 

Julgamento começou por volta das 8h da manhã desta terça-feira (13) e se estendeu por todo o dia, se delongando por mais de 12 horas. Neila Nunes Marques, conhecida como “dama da morte” foi, novamente, condenada.

O crime pelo qual ela irá responder ocorreu no dia 3 de dezembro de 2013. As vítimas do triplo homicídio eram Fabiana da Silva Araújo, sua mãe Dalva da Silva Araújo e José Everaldo da Silva Maciel. Todos foram mortos e tiveram seus corpos colocados em um carro e abandonados na Linha 94, próximo à comunidade Capelasso.

Após 12 horas de trabalhos no tribunal, a “dama da morte” foi condenada a 18 anos e seis meses por cada morte totalizando 55 anos e seis meses de prisão, em regime fechado. A ré  foi condenado em outros três casos de homicídio e, ao todo, acumula uma pena de 102 anos.

Outra pessoa também foi julgada junto com a Dama da morte: João Batista da Cruz Abreu Júnior, que foi a pessoa responsável pela contratação de pessoas para matar Fabiana. O cordo de jurados,  que foi composto por quatro homens e três mulheres, também condenou João Batista por cada morte, sendo cada uma de um total de 15 anos e seis  meses totalizando uma pena de 49 anos e seis meses em regime fechado.

Como os dois Réus já estão presos, eles não poderão recorrer em liberdade; ambos  permanecerão no presídio Agenor Martins de Carvalho em Ji-Paraná.


Fonte: RedeTV 

[Copa do mundo 2018][vertical][recent][5]

 
Top