Rondônia - Mais de 21 mil eleitores estão inaptos em Cacoal, Guajará e Nova Mamoré | Bastidores da Notícia

Eleições 2018 - Com o encerramento do cadastro na Justiça Eleitoral no último dia 9, com isso, 11,2 mil eleitores tiveram os títulos eleitorais cancelados em Cacoal, já em Guajará Mirim foram 5,8 mil eleitores que ficarão inaptos para votar, sendo 1,9 mil em Nova Mamoré, no estado de Rondônia.

Numero de eleitores obtos a votarem em Cacoal, Guajará Mirm e Nova Mamoré
Atendimentos para regularização de títulos iniciam novamente a partir do dia 5 de novembro (Foto: Rede Amazônica / reprodução )





O chefe de cartório Cariny Cielo, disse em entrevista ao G1 Rondônia, que os eleitores poderão regularizar o titulo uma semana após o 2º turno.  "Essas pessoas estão impedidas de votar nas eleições deste ano e só poderão regularizar a situação perante a Justiça Eleitoral, uma semana após o 2º turno das eleições, caso haja.



Apesar do alto número de títulos cancelados, estão aptos para votar em Cacoal 60.527 eleitores, já na região da Perola do Mamoré e Vale do Mamoré a quantidade de aptos para o voto, conforme informou o TRE ao G1 Rondônia, as regiãos tem 45.638 eleitores disponível. Guajará Msirim conta com 28.609, enquanto Nova Mamoré tem 17.029.



Ainda segundo o TRE, quem não está com o título eleitoral em dia, só poderá regularizar a situação novamente a partir do próximo dia 5 de novembro, quando reabre o período de atendimentos.



Além de pagar multa, o eleitor sofre algumas restrições em relação ao título irregular: não pode tirar passaporte, carteira de identidade, receber salário, concorrer a cargo público ou administrativo estatal, solicitar empréstimos, se matricular em instituições de ensino e assumir cargo público.


Edição: Bastidores da Notícia
Fonte: G1 Rondônia
 
Top