Prefeito Claudionor Leme faz balanço e comenta ações do primeiro ano de mandato em Nova Mamoré | Bastidores da Notícia

Caro (a)s munícipes de Nova Mamoré.

(Prefeito de Nova Mamoré Claudionor Leme/ Foto: Sávio Rosas/Jornal Bastidores da Notícia)

Ao termino do primeiro ano do nosso mandato, não poderia deixar de fazer uma avaliação, prestar esclarecimentos a respeito daquilo que fizemos e daquilo que deixamos de fazer.

Foi um ano de muita dificuldade, pois serviços que consideramos de grande importância para a vida dos munícipes não foram prestados ou foram prestados parcialmente.

A falta de recuperação de estradas vicinais e substituição de pontes causaram dificuldade no acesso, que é tão importante para escoar a produção agrícola e pecuária, bem como, para o atendimento à Educação e à Saúde.

Não conseguimos dar manutenção na iluminação pública, estando a maioria dos pontos de iluminação apagados, inclusive avenidas inteiras, como é o caso da Avenida Desidério Domingos Lopes, canteiro central, e a Avenida Manoel Melgar.

Também, muito pouco foi feito em relação a patrolamento, cascalhamento e tapa buracos, nas avenidas de Nova Mamoré e dos Distritos, estando muitas quase intrafegáveis.

Tivemos sérios problemas com o transporte escolar, devido a vistoria dos veículos e as condições de conservação dos mesmos. Também devido ao atraso na celebração do convênio com a SEDUC.

Não medimos esforços para valorizar os servidores municipais, concedendo atualização da tabela salarial, que variou de 2%  a 13%, ficando na média em 5%,  bem como, não retiramos benefícios, mesmo havendo previsões sombrias sobre o ano de 2017. No entanto, não conseguimos realizar o pagamento dos servidores dentro do ano trabalhado, ficando o mês dezembro.

A crise que víamos pela televisão, que atingia vários municípios e Estados, chegou por aqui, neste ano de 2017, agravando ainda mais os problemas que sempre enfrentamos.

Não nos faltou vontade de lutar, persistência e tempo para nos dedicar aos problemas do nosso Município, no entanto, faltaram recursos para que pudéssemos amenizar os problemas que enfrentamos, tanto na zona rural quanto na zona urbana.

Não conseguimos atender prioridades, o que é visível aos olhos dos nossos munícipes e que muitas vezes somos até questionados: A Prefeitura não tem dinheiro para comprar combustível? Para comprar um saco de cimento? Para consertar uma máquina? Para pagar os salários dos servidores?

No entanto, não fugimos da nossa responsabilidade e, sempre que questionados, utilizamos as redes sociais (grupos de whatsapp, facebook...), imprensa, atendimento na prefeitura e em reuniões com a comunidade para prestar os esclarecimentos, principalmente daquilo que não estamos conseguindo fazer.

Apesar das dificuldades apresentadas, encerramos o ano com algumas conquistas, como a implantação do Programa Família Acolhedora, pioneiro no Estado de Rondônia, que está permitindo que crianças e adolescentes, que eram acolhidos no abrigo institucional, possam ter uma família até que retornem à família de origem ou sejam adotados.

O Projeto JEPP – Jovens Empreendedores Primeiros Passos, aplicado às crianças de 1º ao 5º, nas Escolas Jorge Teixeira e Eduardo Valverde, ensinando, desde cedo, noções de empreendedorismo e criando um encantamento em alunos e professores.

Implantação do Projeto Aprende Brasil, da Editora Positivo, na Escola Jorge Teixeira, oferecendo material didático específico a alunos e professores, além de suporte pedagógico e sistema de avaliação da aprendizagem.

Construção da primeira ponte de concreto e aço, medindo 18 m,  em uma linha vicinal de Nova Mamoré, na linha 23 B.

Em parceria com a EMATER e a ASPROP, a realização da I Festa do Leite, no Distrito de Palmeiras, onde foi apresentado o maior queijo muçarela da Região Norte, 214 kg, que foi importante para divulgar o nosso Município para o Estado de Rondônia e para o Brasil.

Retorno das atividades da Unidade Mista Antônio Luiz de Macedo para o prédio novo. Mesmo ainda sem todos os equipamentos necessários, está sendo disponibilizado aos nossos pacientes e servidores instalações mais dignas.

Celebração de convênios, termos de cessão e destinação de emendas parlamentares para aquisição de ambulâncias, caminhões pipas, caminhão melosa, pista de caminhada, construção do CAPS, construção de quadra poliesportiva de grama sintética, pontos de mototáxi, tubos ármicos para substituição de pequenas pontes, trator agrícola, instalação de posto de identificação para confecção de Carteira de Identidade em Nova Mamoré e em Nova Dimensão, aquisição de veículo com sobra de licitação, implantação de abastecimento de água em Nova Dimensão, dentre outros que, no ano de 2018, estarão sendo concretizados.

Dessa forma, encerramos esta prestação de contas das nossas atividades, no ano de 2017, e reafirmamos o compromisso de que estaremos a partir do primeiro dia de 2018, tomando medidas no sentido de garantir aquilo que é mais prioritário no momento: pagamento dos servidores dentro do mês trabalhado, recuperação de estradas vicinais e pontes, tapa buracos e limpeza nas ruas e avenidas, em Nova Mamoré e nos distritos e melhorias na iluminação pública.

Além disso, iremos além dessas prioridades, continuaremos em busca de recursos para melhorar a nossa infraestrutura urbana e rural e continuaremos buscando projetos inovadores, que poderão tornar a gestão mais eficiente e proporcionar benefícios aos munícipes.

Obrigado a você munícipe, que, no dia a dia de 2017, ajudou a desenvolver nosso Município, nesta fase tão difícil. Que em 2018, possamos juntos escrever uma nova e melhor História para Nova Mamoré.  


Prof. Claudionor Leme – Prefeito de Nova Mamoré
 
Top