Notícia falsa sobre o caminhão do deputado Romanalli circula nas redes sociais | Bastidores da Notícia

Circula em redes sociais e aplicativos como o WhatsApp uma notícia falsa envolvendo o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PSB). Usa o sobrenome famoso do político, utilizam imagens de uma reportagem feita no Mato Grosso do Sul que mostra um caminhão de uma transportadora de Minas Gerais homônima de Romanelli. A falsa informação aponta um suposto crime de tráfico de drogas. Crime é publicar notícia falsa do tipo.
(Foto: Divulgação/Reprodução)


O líder do governo na Assembleia Legislativa esclareceu:



Prezados: Têm circulado em redes imagens de carreta com nosso nome e informamos que não é de fabricação da Romanelli Equipamentos Rodoviários, e muito menos a Romanelli contrata serviço de transporte de asfalto.



A logomarca não é de nossa empresa, e as Polícias Civil e Federal do Paraná e Mato Grosso do Sul saberão identificar os responsáveis. Qualquer dúvida estamos à disposição.



Caminhão do deputado Romanelli foi apreendido com drogas?



 A história foi muito compartilhada pelos “dois lados do polo”. “Petralhas” tentaram fazer o link de drogas com o PSDB. “Coxinhas” tentavam ligar as drogas ao MST e sindicatos. Mas será mesmo que a história é real? A resposta é não. Vamos explicar tudo. As controvérsias começaram com o vídeo da apreensão. A operação aconteceu na manhã de 09/11/2017 em Naviraí (MS). À frente do caminhão apreendido há uma mensagem que fala “a serviço da Romanelli”. A partir daí começaram as postagens falando sobre Romanelli, Beto Richa, MST e etc. 



O próprio texto que acusa o deputado tem informações vagas e que sequer estão ligadas a, de fato, o que aconteceu na operação. De acordo com esta notícia do jornal O Diário, o caminhão é de piche e não de gasolina de aviação, como o texto aponta. Um dia depois da apreensão, a Polícia Civil do Paraná publicou uma nota. No meio do texto, a polícia explica que a apreensão se deu depois de seis meses de investigação e que a Romanelli (seja a do deputado ou qualquer outra) não tem a ver com o caso. Isso inclusive é lógico. Se, de fato, uma empresa traficasse drogas porque ela o faria em um caminhão identificado? Leia:


Um dos textos fantasiosos:


"Caminhão da empresa transportadora de combustível do Deputado Luiz Cláudio Romanelli, do PSB, Líder do Governo de Beto Richa (PSDB) foi flagrado cometendo crime. Levava combustível de aviação para o Paraguai, e na volta, trazia drogas e armas pesadas para os traficantes, para os terroristas do MST(Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), Via Campesina e para as milícias dos sindicatos ligados à esquerda brasileira."



 
Top