Bloqueios de caminhoneiros contra o aumento dos combustíveis afetam abastecimento em mercados da capital Cuiabá | Bastidores da Notícia






Os bloqueios dos caminhoneiros contra o aumento no preço dos combustíveis chegam ao terceiro dia e ao menos um supermercado da Capital já sofre com o desabastecimento de mercadorias. O Extra do Bairro Santa Rosa chegou a colocar uma placa na sessão de frutas e verduras avisando aos clientes sobre o problema. “Devido a paralisação nas estradas por motivo de manifestações, todas as nossas cargas estão retidas, inclusive frutas, legumes e verduras. Sem previsão de chegada”, informava a placa.


A sessão de frutas e verduras ainda está com poucas opções e começou a ser reabastecida nesta quinta-feira (03), porém chegou a ficar dois dias com falta de estoque. A placa já foi retirada do local. Funcionários do local foram procurados, mas informaram que não poderiam dar entrevista sem autorização da assessoria de imprensa, que fica em São Paulo. Procurada, uma assessora falou que iria encaminhar nota nesta tarde.
 Segundo fontes do MidiaNews, vários caminhões com mercadorias do estabelecimento estão parados nas estradas por causa da manifestação, causando desfalque nas sessões.
 As manifestações
 Caminhoneiros iniciaram na manhã da última terça-feira (01) uma série de manifestações em todo Brasil contra o aumento da alíquota do PIS/Confins sobre os combustíveis. A decisão do Governo Federal provocou um reajuste de R$ 0,21 no preço do litro do óleo diesel. Segundo a Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso as manifestações têm sido pacíficas.


 No Estado veículos de passeio, ambulâncias, ônibus e veículos pesados com cargas vivas ou perecíveis estão com passagem liberada. Apenas veículos pesados com cargas não perecíveis estão sendo impedidos.




Fonte: Midia News/ Nativa news

 
Top