Rondônia: Homem que viajou à pé de São Paulo à Porto Velho carregando cruz, joga ela no Rio Madeira | Bastidores da Notícia

Paulo Cicero que ficou conhecido como o homem da Cruz, que diante do que ele chama de injustiça, ao ficar preso por 16 anos e 70 dias por um crime que não cometeu, atravessou o País carregando uma enorme cruz nas costas, e na tarde desta quarta feira (31), na capital de Rondônia, Porto Velho, jogou-a no Rio Madeira, onde ele disse ter jogado junto, toda sua historia de dor e sofrimento.
Resultado de imagem para Homem que viajou à pé de São Paulo à Porto Velho carregando cruz, joga ela no Rio Madeira
Quando perguntado por equipes de reportagem que estava no local, seu Paulo disse que a partir de agora, uma nova vida recomeça, que ele vai voltar para sua cidade em São Paulo, reencontrar sua família que ele já não vê desde 16 de Agosto de 2016, quando começou sua peregrinação e a partir dai pretende arrumar um emprego e aguardar que seu caso seja reaberto e ele seja finalmente inocentado.

Advogados do Mato Grosso já estão movimentando seu processo a fim de provar a inocência deste homem que além de ficar preso por tanto tempo ainda fez essa penitencia e por nove meses carregou uma cruz para mostrar para toda sua indignação com a justiça brasileira.
 
Top