Mais de 250 famílias de Nova Mamoré são incluídas no cadastro único para o programa de regularização fundiária urbana | Bastidores da Notícia

O governo estadual formalizou em parceria com a prefeitura de Nova Mamoré 257 processos administrativos e inclusão no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal das famílias que deverão ser contempladas com o programa de regularização fundiária urbana Papel Passado.
Texto e fotos: Marcelo Gladson 
Publicada em 13 de maio de 2017 às 15:37
Mais de 250 famílias de Nova Mamoré são incluídas no cadastro único para o programa de regularização fundiária urbana
O governo estadual formalizou em parceria com a prefeitura de Nova Mamoré 257 processos administrativos e inclusão no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal das famílias que deverão ser contempladas com o programa de regularização fundiária urbana Papel Passado. De acordo com a diretora de Patrimônio da Superintendência do Desenvolvimento de Rondônia (Suder), Iaf Azamor, para a formalização desses processos e avanço do programa Papel Passado no município, uma equipe técnica esteve no município de 2 a 10 deste mês realizando atividades no prédio do Centro de Referência de Assistência Social (Crass) da prefeitura.
“Durante esses dias, os servidores do estado, com o apoio da prefeitura, realizaram uma força-tarefa, conseguindo executar ações do Programa de Trabalho Técnico Social (PTTS), atividades de mobilizações e inclusão das famílias moradoras dos bairros Planalto e São José no CadÚnico”, disse Iaf.
“A maior alegria do mundo será documentar o meu terreno”, comentou  Celsson de Assis Viera, 68 anos, morador  do bairro São José.
A dona Maria Bacelar de Lima, de 94 anos,  mãe de 12 filhos, moradora do bairro Planalto esteve no segundo dia de atividades. “Agora é esperar para receber a escritura do meu lote”, afirmou.
Em alguns casos, a equipe técnica realizou atendimento em domicílio. Foi o que aconteceu com o soldado da borracha aposentado Valdemar José de Arribamar, 95 anos, e sua esposa Isabel Moreira dos Santos Arribamar, de 71, moradores do bairro São José que receberam a visita da assistente social, Elenilda Torres, e da técnica do CadÚnico, Rubineis Del Conte.
O governo estadual tem por meta regularizar 7.997 lotes urbanos nos municípios de Castanheiras (211 lotes no distrito de Jardinópolis), Corumbiara (850 nos lotes A-23, 24-A, 64-A, 65-A e 67-A), Guajará-Mirim (3.151 lotes nos bairros Tamandaré, Serraria, 10 de Abril, Santa Luzia e Nossa Senhora de Fátima), Machadinho do Oeste (1.365 lotes no bairro Bom Futuro), Nova Mamoré (1.740 lotes nos bairros Planalto e São José) e São Miguel do Guaporé (580 lotes no bairro Cristo Rei).
 
Top