Vários Detentos mortos na rebelião do presídio “Ferrugem” em Sinop | Bastidores da Notícia


So Noticias















A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) confirmou que cinco detentos morreram durante a rebelião no presídio Osvaldo Florentino Leite, o “Ferrugem”. A pasta afirma que as mortes ocorreram em confronto entre os próprios presos. O secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, informou que quatro morreram após receberem tiros e o quinto teria sofrido um infarto. Oficialmente, as identidades não foram confirmadas.
Pelo menos sete detentos ficaram feridos neste confronto, foram socorridos e encaminhados ao hospital. As forças de segurança pública estão prontas para fazer uma incursão e retomar o controle da penitenciária. A reocupação, todavia, será pacífica e não deverá encontrar resistência dos amotinados.
Imagem relacionada






O acordo para a reocupação é negociado desde as primeiras horas da manhã pelo Comitê de Crise local, conduzido pelo tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Hector Péricles de Castro, sob a supervisão dos secretários de Estado de Justiça e Direitos Humanos, coronel Airton Siqueira, e de Segurança Pública, Rogers Jarbas. Também compõem o comitê local o comandante geral da PM, coronel Jorge Luiz de Magalhães, representantes de outros órgãos de segurança, tais como Polícia Judiciária Civil, Politec e Corpo de Bombeiros, com participação da subsecção da OAB, Ministério Público Estadual e Poder Judiciário.
Fonte: Só Noticias
 
Top