Garotas do crime: três jovens foram detidas por furto qualificado em Vilhena | Bastidores da Notícia

As garotas foram a uma festa e furtaram a bolsa de uma amiga, gastando parte do dinheiro em uma festa na cidadeImagem relacionada
O caso de furto qualificado foi registrado na noite desta terça-feira, 28 de fevereiro, na avenida Jamari, no bairro São José, em Vilhena, mas o crime, teria ocorrido em uma festa no Centro da cidade, durante a madrugada de segunda-feira.
Conforme narra o boletim de ocorrência, uma jovem de 22 anos procurou a Delegacia de Polícia Civil na manhã de terça-feira, 28, informando que havia ido a uma festa no Centro da cidade, acompanhada de amigas e que em dado momento, teve sua bolsa da marca Victor Hugo furtada e que no interior da bolsa estavam todos os documentos pessoais, um óculos Ray-Ban com capinha, um carregador de celular da marca Sony, um celular Samsung, um celular Iphone e aproximadamente R$ 150,00.
Já na tarde desta terça-feira, o pai da jovem acionou a Polícia Militar informando que havia levantado algumas informações e descobriu que a infratora Danielly Paula Santos Mezzomo, 22 anos, amiga da vítima, teria sido uma das autoras do furto.
A guarnição deslocou-se até a casa de Danielly,  a qual confessou participação no furto e disse que sua amiga e autora do crime, Katieslen Mainara Soares Santos, 19 anos, teria pegado a bolsa da amiga, durante uma festa em que foram convidadas e que após praticarem o furto, dividiram o dinheiro entre elas e que deixaram a bolsa na casa da terceira infratora, identificada como Giulianne Yule Gomes Carvalho, 23 anos.
Os militares deslocaram-se até a casa da infratora Katieslen que também confessou o crime, relatando que após deixarem a bolsa na casa de Giulianne, jogaram os documentos pessoais da vítima em uma caixa de esgoto (bueiro) na avenida Capitão Castro esquina com a rua Costa  e Silva e que jogaram o aparelho Iphone de cor branco, no interior de um terreno baldio ao lado da lanchonete Alho Frito e que após isso, foram para outra festa que acontecia no Centro e gastaram R$52,00 pertencentes a vítima.
A polícia localizou a bolsa na casa de Giulliane, apreendeu a quantia de R$ 98,00 com Katieslen e ao realizarem diligências nos locais mencionados pelas infratores, localizaram os demais objetos.
As três jovem foram detidas e apresentadas na Delegacia de Polícia Civil, onde em depoimento, reafirmaram participação no crime, sendo todas, indiciadas pelo crime de Furto Qualificado, tendo sido liberadas em primeiro momento, mas deverão responder ao inquérito na Justiça, uma vez que a denúncia será oferecida ao Ministério Público.
Em entrevista a reportagem, o pai de Giulianne disse estar triste com o ocorrido, mas afirma que se a filha errou, ela deverá pagar pelos seus atos. A avó de Katieslen também conversou com a imprensa e disse estar decepcionada com a atitude da neta e reafirmou o mesmo pensamento do pai de Giulianne, afirmando que as garotas devem pagar pelos atos. Com informações Policial News

Leia também: Direito de resposta: Acusada de participação em furto de bolsa emite nota em resposta a matérias públicadas
 
Top