ÍNDIA INAUGURA A MAIOR USINA DE ENERGIA SOLAR DO PLANETA | Bastidores da Notícia

POR AQUI, O GOVERNO CANCELOU LEILÃO DE ENERGIA SOLAR E EÓLICA
USINA TEM CAPACIDADE DE ABASTECER 150 MIL CASAS E CUSTOU R$ 2,1 BILHÕES

A Índia inaugurou a maior usina de energia solar do planeta este ano em Kamuthi. Com capacidade para gerar 648 MW/h, a usina ocupa uma área de cerca de 10km2 e ultrapassou a americana Topaz Solar Farm, até então a maior em atividade.
A estratégia do governo indiano é bem diferente do brasileiro, que no final do ano passado teve um leilão cancelado pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, para priorizar energia suja, conforme revelou a coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder, desta segunda (6). Na Índia, o objetivo é chegar a levar energia solar a ao menos 60 milhões de lares.
Ao contrário do Brasil, privilegiado com um dos maiores potenciais hidrelétrico do mundo, a Índia ainda é muito dependente de fontes térmicas de energia. Em 2016, a qualidade do ar da capital, Nova Delhi, chegou ao pior nível deste século, obrigando o governo a investir pesado em fontes renováveis.
A usina de Kamuthi levou 8 meses para ser construída ao custo de US$ 679 milhões (R$ 2,1 bilhões) e vai contribuir para que a Índia se torne o 3º maior produtor de energia solar do mundo, além de ser fundamental para o objetivo de fazer com que 40% da energia usada no país venha de fontes não-fósseis.Com informações Diário do Poder
 
Top