Estudante de Rondônia é morta após sair de cursinho no Setor Marista, em Goiânia | Bastidores da Notícia

 

A estudante Nathália Araújo Zucatelli, de 18 anos, foi morta a tiros na noite de segunda-feira (22) após sair de um cursinho pré-vestibular no Setor Marista, em Goiânia. A Polícia Civil informou ao G1 que o crime ocorreu durante um assalto.

De acordo com uma colega da estudante, que não quis se identificar, a vítima morava em Rondônia, mas se mudou para Goiás há três semanas para estudar. Nathália sonhava em ser médica.

A jovem fazia cursinho pré-vestibular no Colégio Protágoras. A amiga conta que ela era estudiosa. "Não era uma menina de sair. De segunda a sexta-feira sempre estudando. Às vezes, sábado e domingo, eu chamava ela para ir lá para casa para almoçar ou para assistir um filme comigo ou alguma coisa do tipo", relata.

Um idosa, que prefere não ser identificada, conta que viu quando a jovem foi abordada por duas pessoas em uma motocicleta. "Quando eu olhei ela vinha baleada já. Ela veio andando baleada e caiu. Aí eu cheguei na hora. Era um casal numa moto preta e eles passaram por mim", relata a testemunha.

Ao G1, policiais informaram que os criminosos levaram um celular da vítima. Por isso, o crime se configura como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. A investigação deve ser conduzida pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).
O corpo da estudante segue no Instituto Médico Legal no início da manhã desta terça-feira (23), à espera de liberação por familiares.



Fonte: G1 Rondônia 
 
Top