SANTA CATARINA - Crime em família: chacina em rancho deixa quatro mortos | Bastidores da Notícia

 

Quatro pessoas foram assassinadas em uma chacina na cidade de Otacílio Costa (SC). Apenas uma mulher conseguiu sobreviver porque se escondeu no mato. Um homem está preso e outro, foragido. Um dos suspeitos é sobrinho de duas das vítimas.

As quatro vítimas foram mortas a golpes de faca no domingo (17): Sebastião Pereira dos Santos (foto), de 57 anos, e a mulher dele, Laurita Muniz da Costa, de 63, proprietários da casa, Stuart Ronaldo Sheneider, de 51, e a filha dele, Evelyn Sheneider, de oito, a mãe de Evelyn conseguiu escapar depois de se esconder no mato. Ela tentou levar a filha, mas a menina foi recapturada por um dos suspeitos e executada.

Sheneider, a filha e a mulher haviam visitado o casal de idosos depois que todos participaram de um culto.
A motivação do crime é investigada pela polícia. Mas há, pelo menos, duas hipóteses: uma disputa de terra e a informação de que o casal havia vendido uma quantidade de gado no valor de R$ 60 mil. Porém, o negócio não chegou a ser realizado.

Um dos suspeitos do crime é Ademir de Liz, de 35 anos. Ele é sobrinho de Sebastião e Laurita e foi preso horas após a descoberta dos corpos. O outro suspeito, Luis Carlos da Silva, de 48 anos, está foragido. Ele é marido de uma das irmãs de Liz.

Segundo o delegado Raphael Barboza, a dupla foi até o imóvel na noite de domingo com um carro e mataram as quatro vítimas.

Após o crime, a polícia encontrou o carro usado pelos criminosos abandonado. 
O veículo estava no nome de Silva. Liz (foto) foi preso pouco depois. Na casa dele, a polícia encontrou roupas sujas de sangue.

O carro usado no crime estava limpo. A polícia acredita que os suspeitos lavaram o automóvel para encobrir provas.


Fonte: G1 
 
Top