PERSEGUIÇÃO INTENSA COM TROCA DE TIROS EM GUAJARÁ-MIRIM. | Bastidores da Notícia

O trabalho realizado pelo serviço de inteligência e guarnições da Polícia Militar e Unesfron resultou na recuperação de um veículo. Após troca de tiros e perseguição, o carro foi recuperado e um dos suspeitos de estar ocupando o carro foi preso horas após o fato.


Segundo informações da Polícia Militar, o Núcleo de Inteligência (NI) do 6º Batalhão de Polícia Militar e o Núcleo de Integrado de Inteligência de Fronteira (NIIF) da 1ª Unidade Especializada de Fronteira (Unesfron) passaram durante o dia a monitorar os ocupantes do veículo modelo Gol, de cor azul, placa OAK 4346 de Manaus-AM, sendo constatado no sistema que a placa refere-se a um veículo modelo Classic, de cor prata, de Manaus. No período da noite, uma guarnição da PM foi acionada a abordar o carro que estava transitando pela Avenida Campos Sales, no bairro Tamandaré, a viatura com giroflex ligado e a ordem de parada bloqueou a via de acesso impedido que o carro transitasse para que fosse realizada a abordagem, mas o motorista do Gol não obedeceu a ordem e saiu em alta velocidade subindo calçada e seguindo pelo Avenida XV de Novembro sentido centro/bairro, com o apoio de outras guarnições de serviço foi realizado um outro bloqueio com viaturas na Avenida XV de Novembro com Avenida Duque de Caxias (rotatória), mas uma vez o motorista não obedeceu a ordem de parada e fugiu subindo pela calçada em alta velocidade, pela XV de Novembro sentido BR-425, a perseguição foi iniciada. Segundo os policiais militares, após o prédio do Campus da Unir os ocupantes do carro atirou contra as guarnições, o revide foi imediato. Nas proximidades do Parque Municipal (Serra dos Parecis) o veículo adentrou na área rural seguindo pelo ramal do Sol Sol em alta velocidade, após 07 km adentro, o carro foi abandonado com a chave de ignição por três ocupantes que conseguiram embrenhar-se na mata disparando contra os policiais. Buscas foram realizadas, mas os ocupantes não haviam sido localizados.


 O veículo Gol abandonado apresentava três perfurações de tiros, sendo dois no para choque traseiro e um
O pneu e aro do veículo após a fuga.
no vidro traseiro, os pneus traseiros também estavam furados. Na poltrona do motorista apresentava manchas de sangue. A perícia técnica esteve no local onde o carro foi abandonado, após a realização do trabalho pericial o veículo foi removido para o pátio da Delegacia de Polícia ainda durante a madrugada, as peças de roupas também foram entregues na delegacia. O Gol foi roubado no dia 6 de janeiro na cidade de Manaus –AM. 


Prisão
Durante a manhã desta quarta-feira (13), uma pessoa foi presa em uma propriedade na área rural do município de Guajará-Mirim.

Jorge Carlos Ferreira Lemos, de 26 anos, vulgo “Ió Ió”
Buscas no ramal do Sol Sol onde o veículo Gol foi abandonado, bem como as vicinais próximas foram realizadas no intuito de prender os três suspeitos de estarem de posse do veículo roubado em Manaus. Conforme relatos da PM, por volta 06h45min desta quarta-feira, a Central de Operações recebeu uma ligação apontando a antiga fazenda do Sol Sol como local onde estaria se escondendo um homem baleado. Jorge Carlos Ferreira Lemos, de 26 anos, vulgo “Ió Ió”, foi localizado e preso. De acordo com informações apuradas pelo “O Mamoré”, Jorge teria buscado ajuda em uma propriedade, afirmando estar lesionado com um projétil. O acusado foi encaminhado ao Hospital Regional onde recebeu atendimento médico já que apresentava lesão nas costas, em seguida liberado e conduzido a Delegacia de Polícia Civil.

Jorge confessou que nesta terça-feira estava trabalhando nas imediações do Porto Oficial do município quando foi abordado por dois homens no veículo Gol, lhe foi ofertada a quantia de R$ 600,00 para que o mesmo junto com a dupla transportasse o carro por um porto clandestino às margens do rio Pacaás Novos. Jorge, morador do bairro Cristo Rei, ainda disse que na primeira tentativa de abordagem da PM o trio seguia para a área rural onde pretendia transportar o veículo para Bolívia. “Ió Ió” foi atuado em flagrante por receptação e encaminhado a Casa de Detenção Masculina de Guajará-Mirim.
  


Fonte: O MAMORÉ.
 
Top