NOVA MAMORÉ, A NOVA FORÇA DA AGRICULTURA | Bastidores da Notícia

A cidade de Nova Mamoré, distante 310 quilômetros de Porto Velho, capital de Rondônia, está se transformando em uma verdadeira.. 


A cidade de Nova Mamoré, distante 310 quilômetros de Porto Velho, capital de Rondônia, está se transformando em uma verdadeira fronteira agrícola. Foi o que constatou a equipe de reportagem do Diário Rural, em recente visita ao município e empresários, comerciantes e pecuárias.
Se recuperando de uma das maiores enchentes, quando a cidade ficou isolada por mais de 40 dias do resto do Brasil, o município conseguiu superar com muita determinação, em curto espaço de tempo, a retomada do crescimento e hoje o comércio está sendo puxado pela força da agricultura.
A cidade sempre foi um dos maiores municípios produtores de leite do Estado, mas a pecuária começa a ceder espaço para a produção de grãos. Muitos empresários estão investindo na produção de arroz na região e o agronegócio começa a ganhar destaque na zona rural. Muitos agricultores estão montando seu próprio negócio na região e saindo do anonimato.
É visível para quem transita pela BR-425 testemunhar um fluxo grande de pessoas em Nova Mamoré. O movimento é bem maior que Guajará-Mirim, município localizado na fronteira com a Bolívia e onde comércio sempre foi o carro-chefe da economia através da Área de Livre Comércio de Guajará.
Nova Mamoré, assim como outros municípios, foi afetado drasticamente com a queda na transferência de recursos através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A salvação da lavoura no município foi o crescimento do agronegócio. Os programas de assistência técnica rural também contribuíram para deixar o município rico.
Pode se constatar em Nova Mamoré que o reflexo da crise econômica passou bem longe da cidade. Diferente de Porto Velho, onde o preço dos imóveis apresentou uma queda drástica nos últimos cinco meses, no município o valor de venda das propriedades rurais teve um crescimento de 6%.
Neste final de semana, o governo do Estado vai lançar uma campanha de vacinação contra a febre aftosa em um evento que promete mobilizar toda a sociedade. Na ocasião, o governo pretende anunciar programas que visam fortalecer ainda comércio da região. Com todo esse apoio, o município assumirá o topo no ranking do PIB agrícola da Região Norte.
 
Top