sexta-feira, fevereiro 23, 2018

Rondonia Rural Show 2018 (RRS) acontecerá entre os dias 23 e 30 de maio

Esta já é a sétima edição do " Rondônia Rural Show evento destinados a fortalecer a agricultura e incrementar o volume de negócios no campo realizado em Rondônia, a 7ª Rondônia Rural Show, acontece de 23 a 26 de maio, no Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, que é a primeira feira do agronegócio da região Norte e a nona em nível nacional.
Segundo a coordenação do evento, este ano as expectativas devem
 superar os resultados dos anos anteriores


Segundo a coordenação do evento, este ano as expectativas devem superar os resultados dos anos anteriores, pois em (2018) as prefeituras de vários municípios estão participando efetivamente a fim de que tudo seja feito para que os interessados em adquirir equipamentos, serviços ou insumos agrícolas, possam atualizar seus cadastros junto às instituições financeiras e, com isso, fechar negócios rapidamente durante a 7ª Rondônia Rural Show”.~3,9


A empresa “MFM SOLUÇÕES AMBIENTAIS” que é proprietária de aterros Sanitários nas cidades de Vilhena e Cacoal, também estará presente com seu Stand exposto durante a edição deste ano da Rondônia Rural Show, o objetivo é mostrar aos visitantes a importância em tratar de forma moderna e adequada, os resíduos sólidos de Rondônia, contribuindo com a preservação do meio ambiente e na melhoria da qualidade de vida das pessoas. MFM SOLUÇÕES AMBIENTAIS valoriza o progresso do agronegócio do Estado e apoia a sétima edição da Rondônia Rural Show.

Embaixador da Alemanha confirma presença Rondônia Rural Show 2018


Durante a visita do vice-governador Daniel Pereira na Embaixada da República Federal da Alemanha, na sexta-feira (09/02), em Brasília, o embaixador germano Georg Witschel confirmou a ida na sétima edição da Rondônia Rural Show (RRS) que acontecerá entre os dias 23 e 30 de maio, na cidade de Ji-Paraná.


Além de participar da maior feira do agronegócio do norte do país, o embaixador alemão irá visitar o Forte Príncipe da Beira, no município de Costa Marques, e também o município de Espigão do Oeste, cidade que possui uma forte presença da população alemã. De acordo com Daniel Pereira, grande parte da população de Espigão do Oeste é de pomeranos, que são povos de uma região da Alemanha.


Rondônia na Show Rural Coopavel


Abrindo o calendário anual de feiras agrícolas do País, o Show Rural Coopavel, evento que é referência em tecnologia no setor agrícola mundial, teve representantes de Rondônia. O vice-governador Daniel Pereira, o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado de Rondônia (OCB/RO), Salatiel Rodrigues, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do estado, Hélio Dias, além de deputados e empresários, estiveram presentes ao evento com o objetivo de divulgar o potencial agrícola do Estado de Rondônia. Segundo dados do próprio evento, o Estado permanece em ascensão, com a produtividade das principais culturas da região, soja, milho, feijão e leite evoluindo mais de 100% da média regional. Somente para exemplificar, a soja, que rendia cerca de 1.800 quilos por hectare, rende hoje 3.400 quilos e essa média já está sendo projetada para 4.600 quilos por hectare. A produtividade do milho, que era de 3.800 quilos por hectare, atinge hoje a média de 9 mil quilos por hectare, mas com potencial para chegar a 12 mil quilos por hectare, conforme os inúmeros experimentos apresentados no próprio evento.

Patrocinado pela Coopavel, cooperativa com sede no município de Cascavel, no Paraná, o evento, que começou em 1988, hoje tem como principal objetivo a difusão de tecnologias voltadas ao aumento de produtividade de pequenas, médias e grandes propriedades rurais, tornando-se uma vitrine tecnológica e facilitando o acesso dos produtores rurais a equipamentos e técnicas que auxiliam a produzir com maior eficiência, mesmo com as mais severas adversidades climáticas.
Rondônia Rural Show - Ji-Paraná - Coopaveol/Foto: Reprodução/

Além de ser referência mundial, que atrai o mercado estrangeiro, é na Show Rural Coopavel onde são apresentadas as principais novidades tecnológicas, com empresas do mundo todo lançando seus produtos e novas tecnologias, antecipando com exclusividade as tendências para o agronegócio.

O evento anual atrai mais de 235 mil pessoas e acontece em uma área de 72 hectares, especialmente planejada para oferecer conforto e praticidade aos visitantes, incluindo restaurantes, ruas asfaltadas e cobertas, praças de descanso, água gelada e gratuita em todos os corredores, entrada e estacionamento gratuito e suporte para os principais veículos de comunicação.

Produção do estado na feira

Este ano foi montado um estande do Governo do Estado de Rondônia com produtos feitos por cooperativas locais para a apreciação do público. Para o vice-governador Daniel Pereira, o evento é de extrema importância para alavancar o nome do Estado. “O nosso estande foi muito elogiado durante o evento, com uma procura grande. Além do estande, participamos de uma palestra onde apresentamos os diversos potenciais que o Estado possui, falamos do crescimento da agricultura, pecuária, piscicultura, as diversas indústrias consolidadas do Estado, do projeto florestas plantadas, feiras agrícolas e internacionalização do Aeroporto Jorge Teixeira, ou seja, apresentamos o Estado e suas potencialidades”, mencionou o vice-governador.

O setor Cooperativismo no estado

O estado de Rondônia possui o perfil cooperativista, tendo em vista que é uma região onde existe uma grande concentração de paranaenses, principalmente nas regiões sul e central do Estado que são impulsionadas pela grande força agrícola. Atualmente, existem mais de 120 cooperativas, totalizando mais de 140 mil associados em todo o Estado. O presidente da OCB, Salatiel Rodrigues, diz que a tendência é que os rondonienses conheçam melhor o cooperativismo, pensando no coletivo, na economia local. 


“Precisamos incentivar as pessoas a acreditarem no cooperativismo, algo que já faz parte dos nossos debates, principalmente levando em conta que as perspectivas são de crescimento. Em 2005 o Estado possuía apenas 6 mil cooperados e 12 cooperativas registradas e hoje já contamos com mais de 140 mil associados. Crescemos muito, mas precisamos crescer muito mais.


 O cooperativismo no sul do Brasil deu certo, então buscamos os modelos e perfis lá para que o cooperativismo em Rondônia possa avançar”, frisou Rodrigues. Ainda segundo o presidente estadual da OCB, Rondônia é um Estado totalmente agrícola e agropecuário e o cooperativismo possui 13 ramos. “Aqui no estado dos 13 apenas 10 estão atuando, com uma crescente de cooperativas de crédito, que perpetuam em 52 municípios. 


Agora a OCB trabalha para fortalecer os outros ramos do cooperativismo, como ramo mineral, transporte, educacional e saúde. Já a agropecuária promete ter maior incentivo”, informa Salatiel Rodrigues.

Rondônia Rural Show internacional

Inspirada na Show Rural Coopavel, a Rondônia Rural Show hoje é considerada a maior feira de tecnologia e oportunidade voltada ao agronegócio da Região Norte. A 7ª edição da Rondônia Rural Show está prevista para acontecer entre os dias 23 e 26 de maio em Ji-Paraná. Este ano a edição vai contar com muitas novidades e a presença do estado no Show Rural Coopavel foi indispensável para que as experiências adquiridas no evento contribuam para o sucesso desta nova edição. “O evento é impecável, verdadeiramente temos um modelo para ser seguido, toda a estrutura e a organização é algo que deve ser melhorada aqui. Outro ponto é a preparação do solo e as novas tecnologias que precisamos incrementar no Estado”, acentua Salatiel Rodrigues.


As novidades da Rondônia Rural Show já se encontram bem definidas, como explica o vice-governador Daniel Pereira. “A grande novidade deste ano é que a feira será internacional. Mesmo que as edições anteriores tenham tido a presença de delegações internacionais, este ano será acentuadamente uma feira internacional. 

As novidades da Rondônia Rural Show já se encontram bem definidas
Outra novidade é que estamos preparando um local para exposição e vendas de vestuários produzidas em Rondônia, além de um desfile das peças que possui o intuito de fazer com que o comércio substitua suas importações e valorize a produção local”, destaca Daniel Pereira.

Fontes/Refêrencia: www.rondoniaruralshow.ro.gov.br/

www.rondoniaruralshow.ro.gov.br/programacao/

www.rondoniaruralshow.ro.gov.br/a-feira/sobre-a-feira/

http://www.diariodaamazonia.com.br/rondonia-na-show-rural-coopavel/

http://www.rondoniaovivo.com

http://www.portalespigao.com.br

Read More

Saiba como será o clima para este fim de semana em Rondônia

O clima será chuvoso em Rondônia neste sábado (24). Um sistema de baixa pressão predominará sobre o Estado e aumentará a instabilidade em todas as áreas. Por conta disso há previsão de um dia de céu nublado a encoberto, com pouco sol e chuva a qualquer hora do dia na Capital e em todo o interior do Estado. Há possibilidade de que ocorra grandes volumes de chuva em todo o Estado no decorrer deste sábado. -  Em Porto Velho, Rio Madeira atinge 16,25m nesta sexta-feira
Para este domingo a previsão é de céu nublado a encoberto na Capital



Neste domingo (25), o tempo segue instável em Rondônia. O sistema de baixa pressão permanece sobre o sul da Amazônia e espalha muita instabilidade sobre a região. Para este domingo a previsão é de céu nublado a encoberto na Capital, no Vale do Guaporé e no Vale do Jamari, com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. Nas demais regiões do Estado o sol aparece entre muitas nuvens e o tempo fica abafado. Entre a tarde e a noite ocorrem pancadas de chuva com trovoadas. Há possibilidade de chuvas volumosas em todo o Estado no domingo.  - No distrito de Nova Colina Verde, Chuva faz nível de rio subir e deixa 50 famílias desalojadas



O sistema de baixa pressão permanece sobre Rondônia neste começo de semana e espalha muitas nuvens carregadas sobre o Estado. A previsão para esta segunda-feira (26), é de um dia de pouco sol e muitas nuvens em todo o Estado. O tempo varia de nublado a encoberto e há possibilidade de que ocorra pancadas de chuva e trovoadas a qualquer hora do dia em todas as regiões de Rondônia. Há possibilidade também de ocorrer chuvas volumosas em todo o Estado. Triplo A: 3 milhões de hectares em troca de novas Unidades de Conservação na Amazônia

*As informações são do Sistema de Proteção da Amazônia - SIPAM*

Read More

Em Porto Velho, Rio Madeira atinge 16,25m nesta sexta-feira

O nível do rio Madeira segue subindo diariamente, segundo monitoramento feito pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). Na manhã desta sexta-feira (23), a lâmina do rio, em Porto Velho atingiu a casa dos 16,25m, um crescimento de mais de vinte centímetro em média, nos últimos dez dias.
(Rondônia ao vivo/Foto: Reprodução)

O crescimento do nível está sendo acompanhado diariamente pela Defesa Civil que deve pedir ao prefeito da capital que assine ainda hoje o Decreto de situação de emergência, em Porto Velho, já que a previsão é de muita chuva nos próximos dias. Foi criada uma Sala de Situação para coordenar os trabalhos de assistência aos desabrigados. - Porto Velho e Guajará Mirim sob alerta de chuvas forte e enchentes

Se em Porto Velho a situação não é das melhores, em Rio Branco, o rio Acre já deu uma acalmada e voltou a cair de nível, saindo dos 14,24m (nível de alerta) para os 12,21m. Por enquanto, a BR-364, entre os dois estados não sofreu impactos significativos a ponto de afetar o abastecimento de produtos. As informações são do Jornal Rondônia ao vivo. - Cheia como a de 2014 é pouco provável, afirma Sipam  

- No distrito de Nova Colina Verde, Chuva faz nível de rio subir e deixa 50 famílias desalojadas
Read More

Prefeitura de Nova Mamoré implanta Programa Família Acolhedora


O Programa Família Acolhedora foi criado através da Lei municipal de nº 1.276-GP/2017 em 16 de outubro de 2017, constitui-se como parte integrante da Rede de Acolhimento de Crianças e Adolescentes oferecida pelo município de Nova Mamoré-RO e executado por meio da Secretaria Municipal de trabalho e Assistência Social. Caracteriza-se pelo acolhimento de crianças e adolescentes afastados de suas famílias de origem, por decisão judicial, em razão de violência física, psíquica ou sexual, dependência química dos genitores, negligência, entre outros motivos.

Da  Assessoria


O Serviço de acolhimento familiar diferencia-se do acolhimento institucional na medida em que este se dá em famílias previamente cadastradas e preparadas para cumprir a sua missão de assistir e proteger crianças e adolescentes temporariamente afastados de suas famílias de origem até que possam retornar ao convívio de seus familiares ou serem adotados, nos casos em que a reintegração com a família biológica ou extensa se mostrar inviável. Trata-se de um serviço humanizado e individualizado, que garante a crianças e adolescentes, mesmo quando afastados de suas famílias de origem, o direito à convivência familiar e comunitária. - NOVA MAMORÉ: Professor João Batista assume a Secretária Municipal de Educação



Quais os pré-requisitos para se inscrever no Programa Família Acolhedora?


· Os responsáveis serem maiores de 21(vinte e um) anos, sem restrição quanto ao sexo e estado civil;

· Obter a concordância de todos os membros da família;
· Residir no município de Nova Mamoré;

· Ter disponibilidade de tempo e demonstrar interesse em oferecer proteção, amor e afeto às crianças e adolescentes;

· Parecer Psicossocial favorável, expedido pela equipe interdisciplinar do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora. - Senador Valdir Raupp e Deputada Federal Marinha Raupp buscam melhorias para o transporte escolar de Nova Mamoré

Quais os documentos necessários para se inscrever no Programa Família Acolhedora?

· Documentos pessoais RG, CPF, título de eleitor, certidão de casamento, certidão de nascimento de todos os membros da família;

· Comprovante de Residência;
· Certidão Negativa de Antecedentes Criminais de todos os membros da Família, que sejam maiores de idade;

· Comprovante de renda, de pelo menos um membro da família; Se aposentado e/ou pensionista, apresentar cartão do INSS;

· Conta Bancária do responsável para recebimento da bolsa auxílio.

Como funciona?

Após a família passar pelos critérios de aprovação e receber a capacitação da equipe técnica, a família estará apta para exercer a função de Família Acolhedora, onde receberá um Termo de Guarda Provisória da crianças ou adolescente que se enquadrar no perfil escolhido pela família. Durante este período a família atuará em parceria com a equipe técnica do serviço, no atendimento e na preparação para o retorno dessas crianças para à família biológica ou substituta.

Cada família acolhedora deverá acolher uma criança/adolescente por vez, exceto quando se tratar de grupo de irmãos.

Durante o período do acolhimento, a família receberá uma bolsa auxílio que será de um valor mensal de R$ 600,00 (seiscentos reais) por acolhido e em casos excepcionais, quando a criança e/ou adolescente necessitar de cuidados especiais, receberá o valor da bolsa auxílio no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais) por acolhido.
Venha conhecer sobre o Programa Família Acolhedora, os atendimento são de segunda a sexta das 08:00 às 14:00, estamos localizados na Av. Antônio Lucas de Araújo, 3191, João Francisco Clímaco, fone: 3544 -3016. - Triplo A: 3 milhões de hectares em troca de novas Unidades de Conservação na Amazônia


Read More

No distrito de Nova Colina Verde, Chuva faz nível de rio subir e deixa 50 famílias desalojadas

Cerca de 50 famílias do distrito de Nova Colina Verde, em Governador Jorge Teixeira, ficaram desalojadas nesta quinta-feira (22) após o Rio Piripipi transbordar e alagar várias casas. Segundo informações de moradores da região, a chuva começou às 8h da manhã e durou até a tarde.
Cerca de 50 famílias do distrito de Nova Colina Verde, em Governador Jorge Teixeira
Cerca de 50 famílias do distrito de Nova Colina Verde


Segundo o G1, A chuva começou por volta das 8h, mas entre as 12h e 14h o nível do Rio Piripipi subiu bastante e transbordou. A água atingiu até as janelas de algumas residências, deixando mais de 50 famílias desalojadas.


De acordo com o morador Rones Oliveira de Jesus, no distrito de Colina Verde moram aproximadamente 2 mil família

Rones disse que as famílias receberam ajuda de familiares e amigos, que chegaram a usar até um colchão inflável para tirar idosos das residências alagadas.

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de chuvas para a região nos próximos dias. - Matéria do G1.
Read More